ICEPi realiza aula inaugural do Aperfeiçoamento em Consultório na Rua

09/05/2022 10h19

Novidade em estratégia de fortalecimento da Atenção Primária à Saúde (APS), o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi) realizou, nessa quinta-feira (05), a aula inaugural do Aperfeiçoamento em Consultório na Rua. O projeto faz parte do Provimento e Fixação de Profissionais, do Programa Estadual de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (Qualifica-APS). As equipes são de Cachoeiro de Itapemirim, Aracruz, Vila Velha e Cariacica. Entre os profissionais, estão assistentes sociais, psicólogos, médicos, cirurgiões-dentistas e enfermeiros.

O evento aconteceu no auditório do Instituto e contou com a participação do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes; do diretor do ICEPi, Fabiano Ribeiro; do gerente de Ensino, Luiz Claudio Oliveira; da coordenadora do Provimento e Fixação de Profissionais, Thaís Maranhão; do coordenador do Consultório na Rua, João Ferreira; das referências técnicas da Gerência de Políticas e Organização de Redes de Atenção à Saúde (Geporas), da Secretaria da Saúde (Sesa), Rita de Cássia Dias Correia e Simone Dias Ferreira; e dos membros do projeto.

“O Sistema Único de Saúde (SUS) é um projeto civilizatório e precisa se preparar para estabelecer uma cultura de justiça e igualdade. Precisamos olhar para todas as vulnerabilidades sociais e existe um desafio muito grande na organização da saúde para a população em situação de rua”, ressaltou o secretário Nésio Fernandes.

Já Fabiano Ribeiro explicou que o ICEPi é uma instituição pública de ciência e tecnologia (ICT), que agrega formação, ciência, inovação e tecnologia. “É uma estrutura inovadora e que traz vantagens. A nossa forma de fazer o Consultório na Rua é uma inovação, com um conjunto de estratégias para fortalecer a APS. É o pensar e fazer diferente para dar retorno à sociedade”, frisou.

“Nós temos muita vontade de fazer dar certo e torcemos para que vocês possam se apaixonar e se encontrar no Consultório”, ressaltou o coordenador do Consultório na Rua, João Ferreira, se referindo às novas equipes.

Aula inaugural

O tema da aula inaugural foi “População em Situação de Rua: Operadores Conceituais e os Trabalhos dos Consultórios na Rua”, ministrada pelo professor e pesquisador da Fiocruz, o psicólogo sanitarista Marcelo Pedra, que compartilhou a experiência dele com a população em situação de rua. "Escutar os pacientes é um instrumento clínico-político. O sofrimento não se pressupõe, se escuta. É um ato clínico”.

Consultório na Rua
O Provimento e Fixação de Profissionais para o Consultório na Rua faz parte do Qualifica-APS, instituído em 2019, com a finalidade de promover a cooperação entre Estado e municípios, para qualificar e aumentar a resolutividade da Atenção Primária à Saúde.

O projeto permite que os profissionais façam parte da equipe de APS nos municípios, oferecendo o acesso à saúde da população em situação de rua e aumentando o índice de resolutividade para os casos tratados. O gerente de Ensino, Luiz Claudio Oliveira, apresentou a metodologia do Instituto e a educação permanente. “A nossa concepção é de formação integral e o ICEPi promove a qualificação. Com o Consultório na Rua, vamos melhorar o acesso de quem precisa”, completou.


Informações à Imprensa:

Coordenadoria de Comunicação em Saúde – Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi)

Gabriel Torobay / Mayra Scarpi / Mariela Pitanga

icepi.comunicacao@saude.es.gov.br 

Busca