Projeto Gota de Vida realiza pesquisa sobre cultura da doação de sangue e medula óssea

28/06/2022 17h20 - Atualizado em 29/06/2022 09h53

O projeto Gota de Vida, do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), desenvolveu uma importante pesquisa sobre a cultura de doação de sangue e de medula óssea no Brasil. O objetivo é compreender os hábitos da população no que se refere à doação de sangue e de medula óssea.

Toda a população pode participar do estudo e responder o formulário, sendo pessoa doadora ou não de sangue e medula óssea, por meio do link https://bit.ly/pesquisa-gotadevida

O resultado obtido vai colaborar para a construção de projetos que visam a fomentar a cultura da doação, assim como o Gota de Vida. O formulário é anônimo e leva poucos minutos para ser concluído.

Visitas aos hemocentros regionais

A equipe do projeto Gota de Vida tem visitado os Hemocentros Regionais de Colatina, Linhares e São Mateus, além da realização de pesquisa com os doadores e as doadoras no Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (Hemoes), em Vitória.

O objetivo é entender e traçar o perfil de quem doa sangue ou se cadastra para ser um possível doador de medula óssea no Estado, já que são potenciais usuários e usuárias da plataforma Gota de Vida.

Os entrevistados e as entrevistadas que demonstraram interesse puderam testar o aplicativo em primeira mão para, posteriormente, responder as perguntas sobre a experiência.

Após a fase de testes, entrevistas e da pesquisa via formulário, a equipe desenvolvedora vai realizar adequações na plataforma, se necessárias, para o lançamento no segundo semestre deste ano.

Gota de Vida

O Gota de Vida é uma plataforma digital desenvolvida pelo ICEPi, com o objetivo de impulsionar as doações de sangue e o cadastro para possíveis doadores de medula óssea, além de fidelizar esses usuários.

Criado em parceria com o Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (Hemoes), a equipe desenvolvedora é formada por Ezequiel Demetras Silva, Fábio Daniel Mazioli Alvarenga e Giulyana Mazioli Alvarenga, e coordenada por Murillo Birchler Xavier e Rafael Duarte Oliveira.

De acordo com a equipe, os testes começaram em junho e será por meio do celular que o cidadão poderá acessar as informações sobre como e onde doar, além de outras funcionalidades.

O gerente de Inovação do ICEPi, Daniel Henrique Rezende Carvalho, ressaltou a importância de iniciativas como o “Gota de Vida” para a gestão pública. “Espero que a ferramenta estimule a doação de sangue e a ampliação do cadastro de doadores de medula óssea e assim a Secretaria da Saúde (Sesa) consiga manter os bancos de sangue em níveis adequados”, pontuou.

Informações à Imprensa:

Coordenadoria de Comunicação em Saúde – Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi)

Gabriel Torobay / Mayra Scarpi / Mariela Pitanga

icepi.comunicacao@saude.es.gov.br 

Busca